Mais previsões: Meteorologia em Lisboa

MENU

Senado aprova projeto com normas para ensino em tempo integral

 Senado aprova projeto com normas para ensino em tempo integral

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia. rrPlenário vota, em 1° turno, a reforma da Previdência (PEC 6/2019). rrMesa: rsenador Izalci (PSDB-DF); rpresidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP); rsecretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho.rrFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado

#Compartilhe

Texto vai para votação na Câmara dos Deputados

Cadastrado porAgência Brasil

O Senado aprovou, nesta terça-feira (12), projeto com normas para a educação em tempo integral no País. A proposta segue para votação na Câmara dos Deputados.

O texto prevê que nessa modalidade de ensino os alunos devem permanecer, pelo menos, sete horas diárias ou 35 horas por semana na escola.

O projeto ainda estabelece que as escolas devem ter infraestrutura adequada, com salas de aula, biblioteca, laboratórios, quadras, salas multiuso, áreas de recreação e convivência, além de recursos didáticos e tecnológicos.

 

Outra recomendação é que os profissionais de educação tenham dedicação exclusiva à uma única instituição. O projeto abre ainda a possibilidade de as escolas firmarem parcerias com associações e instituições de educação superior e profissional para a oferta de atividades de cultura, lazer, esporte, meio ambiente e ciência e tecnologia.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), citados pela relatora Professora Dorinha Seabra (União-TO), 18,2% dos estudantes da etapa básica estavam na educação integral em 2022. O número de escolas de tempo integral passou de 29% em 2014, para 27% em 2022.

Relacionados