Com o tema da fome, Campanha da Fraternidade é lançada em Pernambuco

coletiva

Centenas de fiéis se reuniram, nesta quarta-feira (22), ao lado da Casa do Pão, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife, para o lançamento da Campanha da Fraternidade 2023 e a celebração da Missa de Cinzas, que dá início à Quaresma.

Com o tema “Fraternidade e Fome” e o lema “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mt 14,16), esta é a terceira vez que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) aborda a temática da fome desde 1962, quando nasceu a Campanha da Fraternidade no Brasil. A Campanha é apresentada todos os anos na Quarta-feira de Cinzas, quando tem início a Quaresma, período de 40 dias que antecede a Páscoa.

De acordo com o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, o objetivo da Campanha da Fraternidade é promover o debate acerca do tema e alcançar a sociedade por inteiro.

“Fraternidade e Fome é um tema atual tão importante e pela terceira vez a CNBB está propondo essa reflexão. Nós temos acompanhado a toda hora situações muito difíceis de pessoas completamente abandonadas, como agora estamos vendo o caso dos indígenas Yanomamis que vivem uma situação dolorosa e isso começou a despertar atenção da população por conta da visita que o presidente fez ao grupo. Além disso, em todo o Norte-Nordeste do Brasil a situação é muito calamitosa”, afirmou o arcebispo.

A estudante universitária Liege Chaves, uma das fiéis presente na celebração, achou de uma sensibilidade grandiosa tratar sobre o tema da fome na Campanha da Fraternidade 2023.

“A fome é uma coisa que não espera, a gente precisa agora, de imediato, e se faz necessário junto com a igreja e os demais órgãos responsáveis que essa campanha agora com Fraternidade e Fome se faça realmente valer”, disse Liege.

Casa do Pão 
Por ter um tema voltado para a fome, a Arquidiocese realizou o lançamento da Campanha da Fraternidade na Casa do Pão, entidade de assistência social fruto do 18º Congresso Eucarístico Nacional e que atende pessoas em situação de rua do Centro do Recife e da Região Metropolitana, em parceria com a sociedade civil e organismos governamentais.

A Casa do Pão oferece alimentação, formação profissional, assistência espiritual, assistência médica, assistência jurídica, higiene pessoal, assim como outras formas de promoção social para pessoas em situação de vulnerabilidade. São oferecidas, semanalmente, 2 mil refeições para a população.