Após denúncia de médicos, Raquel Lyra fala sobre situação dos hospitais do Estado

crop

A Governadora Raquel Lyra se pronunciou sobre a denúncia feita pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), que apontou o “caos” da superlotação e problemas estruturais das maternidades públicas dos hospitais das Clínicas (HC), Dom Malan, Barão de Lucena e do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (Imip).

Em entrevista  a governadora afirma que essa situação foi negligenciada pelo governo anterior, o que trouxe prejuízos para as finanças de Pernambuco. Para ela, o problema não é apenas estrutural, mas também envolve erros nas licitações.

A governadora ressaltou o seu compromisso com o Estado, e afirmou que já está pondo em prática os planos de melhoria dessas unidades.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) alegou “que tem trabalhado no fortalecimento da rede materno-infantil em Pernambuco e que está em contato permanente com os serviços especializados para criação e implantação de estratégias que visem à melhoria da assistência e a humanização do atendimento, além da ampliação das capacidades dos serviços pertencentes à rede estadual.”